Brownie de Tâmaras e Nozes

brownie chocolate tâmaras nozes

Façamos uma viagem ao mundo delicioso do chocolate! As vezes caímos no pecado da gula, e quando isso acontecer, é bom que valha a pena. O que de vez em quando não faz mal a ninguém.

A sobremesa de hoje é já muito conhecida: brownie de chocolate. Algumas receitas são conhecidas por levar nozes. Porém, esta receita inova, para além desses ingredientes, leva ainda tâmaras, conferindo assim uma textura muito macia, permitindo que o bolo fique ainda mais “molhado”. É verdadeiramente uma delícia de chocolate, cheia de sabores, óptima como sobremesa e ainda melhor se saboreada num piquenique com amigos.

11806692_10153132603380318_892331765_o

Ingredientes

200g tâmaras
175g nozes
300g chocolate em barra para culinária
400g de manteiga
125g chocolate em pó
100g farinha de trigo
5g fermento em pó
6 ovos
500g açúcar

11801195_10153132603765318_1796450627_o

Preparação

Descaroçar as tâmaras e cortar em tiras.

Partir as nozes.

Derreter em banho-maria o chocolate em barra e a manteiga ou no microondas com a intensidade mais baixa e mexendo a cada minuto, até a mistura ficar homogênea.

Misturar a farinha, o chocolate me pó e o fermento.

Bater os ovos cerca de 3 minutos. Juntar o açúcar e bater mais 3 minutos aproximadamente.

Juntar ovos batidos com a mistura de farinha com a varinha ou colher.

Acrescentar o chocolate derretido, bem como as tâmaras e as nozes.

Misturar bem todos os ingredientes.

Levar ao forno a 170ºC cerca de 50 minutos ou faça o teste do palito.

Embora esse doce seja muito calórico, vale a pena referir que o chocolate interage com a química cerebral, aumentando a produção de feniletilamina que estimula a produção de serotonina, substância associada ao “sentir-se apaixonado”, o que explica a sensação de bem-estar após o consumo deste produto. Para além disso, o chocolate contém nutrientes que dão energia, melhoram o humor e previnem a insónia.

Delícias de chocolate que nos fazem delirar!

11807004_10153132608755318_1910152503_o

Anúncios

Caipirinha Cupcake

caipicake

A receita de hoje junta a criatividade de Daiane Lopes e Pedro Viegas, duas pessoas que adoram cozinha, pastelaria e também caipirinha, a bebida brasileira mais conhecida internacionalmente.

Com a ideia de criar uma sobremesa deliciosa e atraente, os Chefs elaboraram esta receita: Cupcakes de Caipirinha. Pedro Viegas é criador da marca Bite Me (www.facebook.com/bmbypedroviegas) e fornece, sob encomenda, diversos doces, bolos, biscoitos e cupcakes, são muito criativos e também temáticos.

Esta viagem passa pelo Brasil e por Inglaterra. A caipirinha é uma bebida com origem no interior do Estado de São Paulo. Tradicionalmente, é preparada com lima (limão taiti, no Brasil), gelo, cachaça e açúcar. Segundo a história, a bebida teria sido criada para o tratamento de doentes com a gripe espanhola em 1918, levando ainda outros ingredientes, nomeadamente mel e alho. Já os cupcakes dividem a sua origem em dois sentidos: primeiro geográfico, há quem diga terem sido criados em Inglaterra sob o nome de Fairy Cakes, outros dizem ser dos Estados Unidos, onde usou-se pela primeira vez o termo cupcake; e segundo terminológico, o nome adviria do facto de ser servido em taças individuais, ou porque a receita teria as medidas dos seus ingredientes contadas em número de chávenas.

Outras curiosidades em relação à caiprinha, segundo os experts, é que esta não deve ser feita com gelo picado, uma vez que este se dilui rapidamente, deixando um sabor aguado; e deve ser consumida sem palhinha, levando apenas um mexedor, para que o aroma do cocktail seja apreciado.

foto 2

Para a base, vamos precisar de:

80 g leite
Casca de duas limas
130 g farinha de trigo
130 g açúcar amarelo
140 g manteiga (temperatura ambiente)
1,5 g fermento (1 colher de café)
Raspas de cascas de uma lima e meia.
10 g sumo de lima ( 2 colheres de chá)
2 ovos
10 g infusão de leite e cascas de lima
12 formas de papel para cupcakes/queques

Forma para cupcakes (pode ser usado também as formas de papos de anjo)

Para o creme do cupcake:

150 g manteiga
340 g açúcar em pó
15 g infusão de leite e casca de limão (1 colher de sopa)
30 g cachaça (2 colheres de sopa)
5 g sumo de lima (1 colher de chá)

Saco de pasteleiro com ou sem boquilha

Instruções:

foto 3

Preparar uma infusão com leite e as cascas de lima. Deixar ferver e repousar durante 5 minutos.

Juntar os demais ingredientes, a farinha de trigo, o açúcar amarelo, a manteiga, o fermento, as raspas de lima, o sumo de lima, o ovos e a infusão.

Bater durante 5 minutos, ou até que fique homogéneo.

Colocar as formas de papel na forma. Adicionar a massa às doses individuais, dividindo a quantidade em 12 porções.

Levar ao forno durante 30 – 35 minutos a 150ºC

Enquanto a base está no forno. Preparar o creme.

Dividir a quantidade de açúcar em duas porções.

Bater a manteiga durante 3 minutos.

Acrescentar uma parte do açúcar em pó e bater durante 2 minutos.

Repetir a operação com a outra metade do açúcar em pó.

Acrescentar a infusão de leite e casca de lima, a cachaça e o sumo de lima.

Bater por mais 1 minuto.

Colocar em um saco de pasteleiro e levar ao frigorífico.

Quando a base estiver pronta, deixe arrefecer completamente.

Decore com formas circulares utilizando o saco pasteleiro.

Em cima de cada cupcake enfeite com meia fatia de lima, muito fina.

foto 4

Uma receita, rápida, fácil e deliciosa para enfeitar as tardes e acompanhar os chás. Será, certamente, uma explosão de sabores.

Esta receita está ainda disponível na Página do Facebook Irresistível Mistura e em Umbigo Caipirinha Cupcake

Barrinhas de Especiarias

barrinhas de especiariasVamos criar uma versão das famosas barras de Lebkuchen. Trata-se de um doce conhecido desde a Idade Média, com um quê de misterioso e exótico devido as especiarias que leva. É muito consumido na Polónia, Alemanha, Áustria, Dinamarca e Suíça. Assim, vamos utilizar aqueles condimentos que combinam com os sabores de um chá gelado, de uma xícara de leite e que reforça o gosto do café.

A intensidade dos sabores é sentida pelo número e quantidade de especiarias que são usadas nessa receita. É permitido intensificar os sabores que mais gostamos e diminuir algum outro tempero, porque a liberdade na utilização dos condimentos é característica nessa receita. Os amantes do picante podem acrescentar pimenta da Jamaica e os menos experientes em relação ao conhecimento dos sabores, recomenda-se numa primeira tentativa, um equilíbrio de sabores para que não haja sobreposição entre as especiarias.

Há quem diga que essas Barrinhas são verdadeiros “biscoitos da vida, pois fortalecem e dão saúde”, outros associam à época natalícia. O certo é são muito saborosas, podem ser desfrutadas a qualquer hora. Para além de conservarem-se por vários meses e são muito fáceis de confeccionar.

Esta receita está disponível na Página do Facebook, Irresistível Mistura e na Umbigo Magazine Diários do Umbigo – Irresistível Mistura.

Para a massa:

250 g de farinha de trigo
Sal q.b.
Canela em pó q.b
0,05 g de bicarbonato de sódio (1/2 colher de café)
Cravo em pó q.b.
Raspa de 1 limão
Noz-moscada q.b.
Cardamomo em pó q.b.
150 g de amêndoas picadas com casca
25 g de fruta cristalizada a escolha
300 g de mel
75 g de açúcar mascavado ou amarelo
30 ml de whisky ou bourbon
1 ovo
15 g de manteiga

Para a cobertura:

80 g de açúcar em pó
15 ml de leite

Aquecer o forno a 180ºC. Forrar uma forma rectangular de com cerca de 20 cm de diâmetro, com papel vegetal.
Misturar a farinha peneirada, a canela, o bicarbonato de sódio, o sal, o cardamomo, o cravo e a noz-moscada.
Adicionar as amêndoas picadas, a fruta cristalizada, a zeste de limão e misturar tudo.
Num tacho misturar o mel e o açúcar, levar ao lume e continuar a mexer até o açúcar dissolver.
Deixar arrefecer e até ficar morno, acrescentar o bourbon e o ovo batido. Mexer bem.
Adicionar a mistura de mel à de farinha, envolver bem com uma colher.
Levar ao forno por cerca de 20 minutos.
Deixar arrefecer em superfície fria. Desenformar.
Para a cobertura basta misturar o açúcar em pó com o leite até obter uma mistura homogénea. Espalhar sobre a massa.
Depois de frio, cortar em barras.
Armazena-se por até 3 meses, em recipiente fechado.

Bom apetite!

Biscoito “Honeyscotch” e Nozes

biscoito mel nozesDaiane Lopes e Katia Galleano elaboram uma receita doce de dar água na boca. As chefs juntaram-se para trazer uma mistura saborosa de nozes e mel à sua mesa.

Criámos um biscoito delicioso e bonito, cheio de sabor e texturas.

Temos aqui uma versão do tradicional butterscotch, porém com mel. O resultado é fantástico!

Inicialmente fazemos uma base que vai ao forno. A seguir, preparamos o creme. Por fim, decoramos com nozes. Trata-se de uma receita fácil, basta seguir estas etapas.

P1100241

Para a base vamos precisar de:

150 g de manteiga com sal
200 de bolacha Maria torrada

Para o creme:

300 g de mel
100g de nozes picadas num processador
100 g de manteiga com sal
200 g de natas
10 g de amido de milho
5 g de água (para desfazer o amido de milho)

Para decorar:

Nozes partidas ao meio.

P1100263

Preparação

Base:

Pré-aquecer o forno a 200ºC.
Forrar uma forma com cerca de 20 cm de diâmetro com papel vegetal.
Picar a bolacha com a manteiga num processador.
Colocar na forma e calcar.
Levar ao forno cerca de 10 minutos.
Retirar e deixar arrefecer.

Creme:

Picar as nozes num processador.
Torrar em lume brando cerca de 5 minutos, mexendo sempre.
Acrescentar o mel e envolver durante 10 minutos.
Adicionar a manteiga.
Juntar as natas aos poucos, envolvendo sempre.
Desfazer o amido de milho na água e juntar ao preparado.
Deixar ferver e retirar.
Colocar o creme sobre a base.
Deixar arrefecer completamente. Pode ser levado ao frigorífico por 30 minutos.
Desenformar. Cortar aos quadrados.
Decorar com nozes.

Esta receita está também disponível em Diários do Umbigo – Irresistível Mistura e na Página do Facebook.

Duas colegas de trabalho preparam esta receita com muita criatividade. Katia Galleano é chef de pastelaria num Restaurante em Lisboa, tendo começado a sua carreira em 2009, conta com muitas delicias cozinhadas ao longo desses anos.

Essa receita é óptima para adocicar o paladar depois de um almoço ou jantar, incluindo time breaks nas tardes de inverno.

Delicie-se!

biscoito mel e nozes

Arroz de Peixe

arroz peixe

Para hoje, recomendamos um prato rico em sabores que vai aquecer durante os dias mais frios… Arroz de Peixe.

Antes de irmos às compras, deixamos aqui algumas dicas para identificar um peixe de boa qualidade.

Os peixes, quando estão frescos, apresentam olhos salientes e brilhantes; as guelras não estão descoloradas, permanecem com uma cor vermelha intensa e sem viscosidade; têm corpo firme e elástico, com a espinha presa à carne; possuem a pele brilhante, húmida, sem manchas e com escamas aderentes; não possuem cheio intenso, nem desagradável.

O peixe é uma excelente fonte de proteínas de fácil digestão, é rico em minerais (Cálcio, Iodo, Flúor, Ferro e Fósforo), e ainda fornece Ómega 3 e Ómega 6 (gorduras essenciais que precisam ser ingeridas, pois o corpo não consegue produzir sozinho), são agentes reguladores da pressão arterial, previnem a coagulação sanguínea, são responsáveis pelo desenvolvimento e um sistema imunitário saudável. Trata-se de um alimento rico que deve ser consumido, pelo menos, três vezes por semana, por adultos e crianças. O consumo de peixe também é importante para as grávidas, devido à sua importância no desenvolvimento do sistema nervoso do bebé.

Esta receita também está disponível em Diários do Umbigo – Irresistível Mistura e ainda no Facebook, na página Irresistível Mistura.

Ingredientes para 4 pessoas

1,3 Kg Dourada (médias, cerca de 4 unidades)
1 L Água
150 g Cebola (1 unidade)
2 Dentes de Alho
70 g Pimento Vermelho (1/2 unidade)
140 g Cenoura
250 g Tomate (2 unidades)
200 g Alho Francês (2 unidade, apenas a parte branca)
150 g Vinho Branco
Salsa q.b.
Sal q.b.
Pimenta Branca q.b
Picante q.b.
Azeite q.b.
Louro q.b.
280 g Arroz Carolino

P1100120

Preparação

Nesta receita o peixe é cozido separadamente dos legumes. Assim, conseguimos manter pedaços de legumes no caldo, conferindo mais textura.

Prefira por comprar o peixe já amanhado.
Fazer filetes (não se preocupe, não é preciso ficar perfeito para o prato que vamos confeccionar). Separe a cabeça, o rabo e a espinha.

Cozer os bocados de peixe (cabeça, espinha e rabo) em água e sal por 20 minutos. Tenha em atenção que o cozimento em excesso provoca uma textura arenosa.

Picar a cebola, o alho, o pimento, a cenoura, o tomate, o alho francês e a salsa.
Refogar em azeite durante cerca de 15 min. Juntar os temperos, sal, pimenta e picante a gosto.

Coar a água reservada do cozimento do peixe.
Separar os melhores bocados de carne da espinha.
Juntar a água do peixe e a carne separada ao refogado.
Adicionar o vinho branco. Deixar cozer por 15 min.

Preparar os filetes com sal e pimenta (gengibre em pó também é uma boa escolha).

Neste caldo, cozer o arroz. Adicionar mais água ao cozimento, se for necessário.

Quanto ao peixe, há duas opções. Assar separadamente, levando ao forno (cerca de 15 minutos) ou pode cozer os filetes no próprio arroz, colocando-os no tacho ao mesmo tempo em que introduziu o arroz (15-20 minutos de cozimento)

Servir os filetes de peixe por cima do arroz.

Prepare-se para receber elogios.

Bom apetite!
P1100150