Compota de Frutos Silvestres com Anis e Canela

P1110452_Fotor

Irresistível Mistura traz uma receita para quem gosta de acompanhar tostas, pães e queijos com doces.

Compota é um tipo de conserva feita com frutas ou vegetais cozidos inteiros ou em pedaços com açúcar, que ferve até adquirir a consistência de puré. Diferencia-se dos doces que são cozidos mas não se desfazem; e ainda das geléias em que se aproveita o líquido da fruta ou do vegetal depois de coado. Já uma conserva serve para preservar a fruta inteira em uma calda açucarada, tal como encontramos nos enlatados dos supermercados. A marmelada e a goiabada são feitas a partir do cozimento da fruta e do açúcar em partes iguais, até adquirir uma consistência em que depois de arrefecidas, solidificam. Isto é possível porque o marmelo e a goiabada são frutas com grande quantidade de pectina.

P1110464_Fotor1

Pectina é um polissacarídeo com forte poder gelificante quando combinado com açúcar. Trata-se de um agente espessaste muito utilizado na indústria alimentar. Assim, durante o cozimento, a fruta ou o vegetal sofre uma modificação na sua estrutura química de modo ajudar a pectina unir-se ao açúcar, criando o gel que a conserva.

compota

O açúcar prolonga a vida dos produtos alimentares porque diminui a disponibilidade de água para o crescimento microbiano. No caso das compotas e doces em geral, para além do açúcar, existe ainda o tratamento térmico. É importante ainda, para a conservação da compota, que o frasco esteja bem limpo e desinfectado, isso fará que a compota tenha muito mais tempo de conservação.

P1110456_Fotor

Ingredientes:

650g Frutos silvestres

400g Açúcar branco

Sumo de meio limão

1 Pau de canela

1 Anis estrelado

P1110468_Fotor

Preparação:

Juntar todos os ingredientes.

Levar ao lume (médio/brando) por 30 minutos.

Colocar em frascos e refrigerar.

Neste caso foram usados um misto frutos silvestres congelados com amora, groselha vermelha, morango, mirtilo, framboesa e groselha preta.

Outra técnica que recomendo é utilização de um infusor/saco de metal para chás para colocar o anis e o pau de canela em pedaços. Assim, não será preciso ficar a procura do pau de canela, nem do anis na compota e também não terá pedaços desfeitos desses ingredientes.

Esta receita está disponível também em Umbigo Magazine.

P1110450_Fotor

Bom proveito!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s